NATAL???

Balance_Wallpaper_by_nxxos A graça e a paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, o qual deu a sua vida em lugar de nossa morte para que, com Ele pudéssemos reinar eternamente.

Eu não poderia deixar de escrever sobre esta data. Data esta, na qual o “mundo” muda de uma maneira quase que real.

Mas, como surgiu o nata? O que é verdade sobre esta data e o que é lenda, mito. O que faz o povo se afastar do real sentido desta data.

Em uma de minhas pesquisas, descobri alguns dados que achei relevantes. Informações estas que resolvi inserir aqui e compartilhar com os amigos e irmãos internautas.

Antes de comemorarmos o natal em 25 de dezembro, o natal era celebrado em várias datas diferentes até que, na Roma antiga, no século IV este foi oficializado na data que conhecemos hoje. Suas antigas comemorações costumavam durar 12, (doze), dias, que foi o tempo decorrido na jornada dos 3, (três), reis magos. Hoje, costumam montar seus enfeites no início de dezembro e, desmontá-los até mais de 12,(doze), dias, depois.

ÁRVORES DE NATAL

Em quase todos os países do mundo árvores de todos os tipos e para todos os gostos são montadas e colocadas à frente das casas, em suas salas para se comemorar o natal.

Acredita-se que esta tradição começou em 1530, na Alemanha, com Martinho Lutero. Certa noite, enquanto caminhava pela floresta, Lutero ficou impressionado com a beleza dos pinheiros cobertos de neve. As estrelas do céu ajudaram a compor a imagem que Lutero reproduziu com galhos de árvore em sua casa. Além das estrelas, algodão e outros enfeites, ele utilizou velas acesas para mostrar aos seus familiares a bela cena que havia presenciado na floresta.

Esta tradição foi trazida para o continente americano por alguns alemães, que vieram moram na América durante o período colonial. No Brasil, país de maioria cristã, as árvores de Natal estão presentes em diversos lugares, pois, além de decorar, simbolizam alegria, paz e esperança.

O PRESÉPIO

Para muitos o presépio também representa uma importante decoração natalina. Esta tradição de montar presépios teve início com São Francisco de Assis, no século XIII.

PAPAI NOEL O BOM VELHINHO OU IDOLATRIA???

Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.

Foi transformado em santo (São Nicolau) pela Igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.

A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos, ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.

Até o final do século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom.

O COMÉRCIO NO NATAL

Hoje, para mim, parte do natal perdeu seu real sentido, tornando-se apenas uma data para se trocar presentes, uma data que a empresa da Coca-cola, (que por sinal é o refrigerante mais vendido no mundo.), usou e usa bem. Como disse acima o “bom velhinho tinha suas roupas marrons, porém, em 1881, uma campanha publicitária da Coca-Cola mostrou o bom velhinho com uma roupa, também de inverno, nas cores vermelha e branca (as cores do refrigerante) e com um garro vermelho com pompom branco. A campanha publicitária fez um grande sucesso e a nova imagem do Papai Noel espalhou-se rapidamente pelo mundo.

Que jogada de marketing! Aí vem o peru da ceia que a estas alturas do campeonato chega em algumas regiões do país a custar até R$25,00, (vinte e cenco reais.), o vinho, as bebidas, festas, dívidas, dorgas, sexo, acidentes de trânsitos, multilações, opa!!! Vou parar por aqui para não estragar a matéria.

Então, como dizia é a data mais feliz para o comércio mundial, pois até quem não tem consegue algum para poder comprar presentes e, não passar vergonha na frente dos amigos e da família.

Não que eu não goste de presentes, até mesmo se algém quiser mepresentear aceito de bom coração. Rrsrsrsrsrsrsrsrsrsr.

O VERDADEIRO MOTIVO DO NATAL

Gostaria que os amados internautas viajassem comigo agora nasd páginas da bíblia sagrada até o livro de Gênesis no capítulo 3 o verso 15. E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”

Agora, vejam no livro do profeta Isaías capítulo 9 verso 6, Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.”

Este é o verdadeiro sentido do natal. Uma dada para comemorarmos o dia do nascimento dAquele que deu a sua vida para remissão dos nossos pecados.

Não é comercial, apenas um momento de paz, amor, união, como muitos pregam. Muitos, buscam estas coisas somente nesta data,e o que foi feito nos dias anteriores? O que foi feito no ano que se passou?

Não vamos iludir nossos filhos com fábulas de renas e “bons velhinhos” que descem pelas chaminés e deixam presentes.

Eduque teu filho na verdade e serás uma pessoa de valor.

Não vamos fazer desta data, um motivo para adorarmos deuses estranhos como fazem as demais nações. Antes, adoremos ao nosso Cristo amado que nasceu, viveu, morreu e está vivo eternamente para que com Ele também nós vevessemos.

Então, desejo à todos os nossos queridos internautas boas festas e fiquem sempre olhando para cima porque Jesus está voltando.

1 comentários:

Faculdade Telógica disse...

O seu blog esta de parabéns, Deus Continue Abençoando cada dia mais e mais.