QUAL O SEU VALOR?

TEXTO: Jo6:2;5-9

5 Então Jesus, levantando os olhos, e vendo que uma grande multidão vinha ter com ele, disse a Filipe: Onde compraremos pão, para estes comerem?

6 Mas dizia isto para o experimentar; porque ele bem sabia o que havia de fazer.

7 Filipe respondeu-lhe: Duzentos dinheiros de pão não lhes bastarão, para que cada um deles tome um pouco.

8 E um dos seus discípulos, André, irmão de Simão Pedro, disse-lhe:

9 Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?

INTRODUÇÃO

Este foi um dos maiores milagres que Jesus realizou, não só por ter multiplicado os pães e os peixes, não por querer ver qual seria a reação de seus discípulos ou ainda por alimentar uma multidão faminta.

Foi sim um grande milagre por nos mostrar o valor que tem as pequenas coisas e pessoas.

Cristo enxergou mais além. Ele, viu um rapaz cheio de boas intenções que tinha apenas 5 pães e 2 pequenos peixes para se alimentar. E, é sobre este rapaz que iremos falar.

1 Quem era este rapaz?

A bíblia não revela quem ele é nem mesmo fala o nome de seus pais.

Quantos estão em nosso meio e nós nem sabemos quem são? Ou ainda estamos em meio a o mundo e o mundo não nos conhece.

Ex: Mefibosete filho de Jonas 2ªSm4:4

2 Estava sozinho em meio a multidão. Se sentindo o menor entre o povo, buscando ser conhecido e útil mas estava sozinho.

3 Era desprezado, talvez aquele rapaz tenha tentado chegar aos pés do Mestre mas a multidão o desprezava. E, ainda quando tentou ajudar reduziram sua ajuda a um comentário de destruição e baixa estima.

4 A ansiedade

Muitas das vezes quando temos algo para o Senhor ou temos muita vontade de servi-lo ficamos ansiosos a ponto de desprezar a chamada do outro. O apóstolo fez isso quando apresentou o rapaz.

A hora certa

Havia chegado a hora do Senhor usar aquele rapaz e o pouco que ele tinha.

Quando o mestre tomou os seus pães e peixes o milagre aconteceu.

O seu alimento (seus dons) foram multiplicados de tal maneira que alimentou um multidão.

Quando deixamos Jesus usar-nos na hora certa nossos talentos são mais valorizados, nossas vidas são valiosas para aqueles na qual ajudamos.

O rapaz era apenas o condutor do alimento

A palavra que o rapaz não ajudou a repartir ou recolher o alimento, ele apenas conduziu. Não que ele fosse o menor mas cumpriu sua missão naquele lugar, foi o instrumento da benção de Deus naquele dia. E você? Tem sido instrumento de benção ou faz igual ao apóstolo que critica as obras dos outros?

A felicidade de se servir no tempo certo

Quando Cristo toma os alimentos do rapaz ele se senta com os outros de coração aberto vendo o próprio Deus multiplicar aquilo que ele tinha, come com os demais e, sai querendo coroar o Mestre por tamanho milagre.

Não se esquece dos talentos multiplicados

Quando Deus nos usa não da para esquecer, e aí é inevitável queremos logo dizer a todos que fomos usados mas, mostre as obras que ele fez dê a glória ao Rei da Glória.

Conclusão

Não importa o quão pequenos sejam nossos talentos se usados na hora certa,teremos nossos dons multiplicados, o milagre acontecerá e falaremos ao mundo o quanto nosso Deus é grande. Regataremos vidas e assim Cristo que vive em nós, Criador de todas as coisas por Ele e para Ele purificará a muitos com o seu sangue precisoso.

Amém.

Itamar Lopes UDI

1 comentários:

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Abs!
Faculdade Teológica